Nosso Setor 36

HISTÓRICO DO SETOR

Por volta de 1985, em reforma administrativa do Ministério do Belém, a congregação de Ponte Rasa, passou a ser sede de um novo setor, o Setor 36, composto de mais 02 congregações: Vila Rio Branco e Jardim Cotinha.
  • Primeiro Pastor Setorial: 27 de Fev. 1986, Pastor Ermírio José, sendo de aproximadamente 04 anos a sua gestão.
  • Segundo Pastor Setorial: 02 Mar 1990, Pastor José Miguel, sendo sua gestão de aproximadamente 07 meses.
  • Terceiro Pastor Setorial: 02 Out 1990, Pastor Santino Firmino Souto, sendo sua gestão de aproximadamente 04 anos, abriu-se mais uma porta de trabalho que foi a Congregação de Jardim Penha no ano de 1997.
  • Quarto Pastor Setorial: 09 Nov 1993, Pastor Alberto Brito de Almeida, até 2001.

Em 09 de novembro de 1993, em virtude do Pastor Santino ter ser jubilado, o Pastor Alberto Brito de Almeida, assumiu o setor 36, em cuja meta de expansão, a construção de Vila Rio Branco tomou um novo impulso, sendo inaugurado o novo templo após tantos anos de luta.


Em 30 de abril de 1998, o Pastor Presidente, José Wellington Bezerra da Costa juntamente com o Pastor Alberto Brito de Almeida, responsável pelo Setor 36 – Ponte Rasa, oficializaram a sede do setor, na congregação de Vila Rio Branco, situada a avenida Capitão Anselmo Barcelos, 450 – Vila Rio Branco.

  • Quinto Pastor Setorial: Pastor Almérico, sendo sua gestão com pouco menos de um ano.
  • Sexto Pastor Setorial: Pastor José Ivanildo da Silva, até 2004.
  • Sétimo Pastor Setorial: Pastor José Soares de Melo Filho, de 2004 a 2013.
  • Oitavo Pastor Setorial: Eloísio Viana (gestão atual, desde outubro de 2013)


HISTÓRICO DAS CONGREGAÇÕES

PONTE RASA 1

Inicialmente começou-se a congregar na casa de um irmão na Rua dos Buenos e posteriormente num Salão da mesma rua, pertencente ao saudoso irmão José Augusto. Logo em seguida, no desejo de ampliar a casa, alugou-se um Salão em frente a padaria, próximo à Igreja de Ponte Rasa, na rua Antônio de Almeida Prado, nº 66, mudando-se em seguida à um outro Salão na mesma ruas, nº 270, em frente a casa do irmãos Geraldo Martins.

O terreno da Igreja de Ponte Rasa, foi comprado pelo saudoso Pastor Orlando de Paula, pai da irmã Dirce de Paula Quevedo, cujo construtor e dirigente da época foi o diácono Sebastião Rufino.

Em todo esse período, como congregação de São Miguel Paulista, setor 02, até então o responsável era o Pastor Manoel Luiz Bezerra.

Por volta de 1985, em reforma administrativa do Ministério do Belém, a congregação de Ponte Rasa, passou a ser sede de um novo setor, o Setor 36. 


Em 30 de abril de 1998, o Pastor Presidente, José Wellington Bezerra da Costa juntamente com o Pastor Alberto Brito de Almeida, responsável pelo setor 36 – Ponte Rasa, oficializaram a sede do setor, na congregação de Vila Rio Branco.


Eis alguns irmãos que foram dirigentes da Igreja de Ponte Rasa:
  • Como congregação do Setor 2: Aparício, José Francisco, Manoel Gonçalves, João Alegre, Nelson, Lourival, Isaías, Eurico, José Antônio, Plácido, Salvador, João Brito ( Pai do pastor Alberto ) José Carlos, Luiz Tibúrcio, Sebastião Antunes, Isaque, Manoel Carlos Filho, Miguel, Severino, Francisco Farias, Martiniano, José Marcelino, Izaque.
  • Como sede: Elmírio José, José Miguel, Santino Fermino Souto e Alberto Brito.
  • Como congregação após a mudança: Vanderlei Rodrigues, Sílvio Magalhães (In memorian), José Dias, Wilson Cavalari, Antônio Batista, José dos Santos Souza, Luciflávio Furtado Grangeiro, Valdemir Manoel da Silva, Rafael Quadrado e Daniel Lima (atual dirigente desde Dezembro de 2015).

JARDIM COTINHA

Iniciou-se como ponto de Pregação na casa da irmã Olimpia, no mesmo bairro próximo ao rio por volta do ano de 1983.  Depois de algum tempo o irmão Jose Emídio pai de nosso irmão Silas Emidio, ambos dormem no Senhor, cedeu sua garagem para iniciar efetivamente uma congregação que ficou por alguns anos.

Por volta do ano de 1984 a congregação mudou-se para a rua Otávio Ramos, 09, salão alugado para a continuidade da congregação de Jardim Cotinha. 


No ano de 1986 passou a ser congregação do setor de Ponte Rasa sob gestão do Pastor Ermirio José dos Santos e não mais pertencente a regional do campo de São Miguel Paulista.

Dirigiram a congregação nosso irmão Manoel Felix esposo da nossa saudosa irmã Gildete, e nosso presbítero Irmão Santino, que também dorme no Senhor. Por volta de 1990 veio o dirigente irmão Paulo Grigório, Silas Farias e após o Jorge Leite e esposa irmã Elenice e filhos. 

Depois a sequência de dirigentes foi: Vanderlei, Silas Farias, Valdemir Manoel, Silvio Magalhães (In Memorian) e José Dias de quem foi a iniciativa de comprar um terreno para fixar a congregação de Jardim Cotinha na rua das Bromélias, 86 no ano de 1998.

A construção do templo foi realizada pelos próprios irmãos num período de 84 dias, cujas doações de materiais e mãos de obra levantaram o templo que abriga a congregação até hoje. A Inauguração do templo foi em novembro de 1998.

Após a conclusão do templo passaram por esta congregação muitos dirigentes: Zenóbio Rufino, Josafá, Mitsuo Oyaizu, Wilson Cavalari, Manoel Messias, Renato Junior, Antonio Batista (Toninho), Edmilson Roque, José Dias, Gilson (em 2006), Rafael Quadrado (2007), Renato Junior mais uma vez (2010), Manoel Aragão (2012), Daniel Lima, Marcos Antônio e Renato Junior novamente (atual gestão desde Novembro de 2016).


JARDIM PENHA

O trabalho em Jardim Penha se iniciou no ano de 1997 durante a gestão setorial do Pastor José Miguel. 

No decorrer dos anos a congregação se situou em diversos salões dentro do bairro, tendo sido o atual salão na rua Monsenhor Meireles nº 24 inaugurado no ano de 2013, durante a gestão do Pastor José Soares de Melo Filho.

Já passaram pela congregação: Manuel Aragão, Fredson, Daniel Lima, Elias Alves e Renato Junior e Pr. Paulo José (atual gestão desde Novembro de 2016).


PAI HERÓI - PONTE RASA 2

Dirigentes de Pai Herói: João Marcos, Francisco Lemos, Geraldo, Renato Junior, Aristeu Junior, Rubem Amorim, Emanuel Jailson, Zenóbio e Sérgio Cunha.

Dirigentes de Ponte Rasa 2: Fábio Magalhães, Gilson, Sílvio Alberto, José Orlando da Silva, Renato Júnior, Elias Alves, Gilson Xavier e o Pr. Erivaldo (Atual Gestão, desde Março de 2016).

A congregação foi inaugurada durante a gestão do Pastor Alberto Brito, inicialmente localizada na praça Antônio de Almeida Soares, na região do Burgo Paulista, possuindo o nome de Pai Herói. 

A mudança de logradouro ocorreu durante a gestão do Pastor José Soares de Melo Filho, para o endereço atual na rua Ponte Rasa nº 581. Com a mudança de Logradouro, o nome da congregação se tornou Ponte Rasa 2, por estar bem no centro do Jardim Ponte Rasa.


PARQUE BOTURUSSU

Inaugurada em 06 de Janeiro de 2002, durante a gestão do Pastor José Ivanildo, na época, localizada no antigo endereço.

A mudança de salão ocorreu na gestão seguinte, do Pastor José Soares de Melo Filho, para o endereço atual na Avenida Boturussu, 755.

Os dirigentes que passaram pela congregação foram: Gilson dos Santos, Jacildo José da Silva, Pastor Galdino, Edmilson Campos Forte, Fábio Magalhães, Evanildo Gonçalves, Cícero Alves, Renato Menezes e novamente Cícero Alves (atual gestão desde setembro de 2016).


VILA SANTA LÚCIA

Inaugurada em 30 de outubro de 2005, durante a gestão do Pastor José Soares de Melo Filho, localizada no endereço atual na Vila Santa Lúcia (rua Carnaúba dos Dantas nº 63).

Os dirigentes que já passaram pela congregação foram: Valdemir Manoel, Moisés Araújo, William Fernandes, Zenóbio, Luís Carlos Rodrigues, Samuel do Carmo e Manuel Aragão (atual gestão desde 2015).


LAGOA MIRIM

Inaugurada em 30 de Agosto de 2006, durante a gestão do Pastor José Soares de Melo Filho, localizada no endereço atual na Lagoa Mirim nº 39, na Ponte Rasa. O salão foi cedido da casa da Irmã Ana.

Os dirigentes que passaram pela congregação foram: José Dias, Joel Ferraz, Luís Carlos, Samuel do Carmo, Victor Salles, Laudenilson Gomes e José Paiva(atual gestão desde Maio de 2017).


JARDIM DANFER 1

Inaugurada em 10 de Julho de 2013, durante a gestão do Pastor José Soares de Melo Filho, localizada no endereço atual na Rua Pastoril de Itapetininga nº 30 no Jardim Danfer. Foi movida para a região do Jardim Gonzaga no início de 2016, gestão do Pastor Eloísio Viana, na Rua Balsa Nova, 69. Permaneceu, porém, o mesmo nome da congregação.

Os dirigentes que passaram pela congregação foram: Antônio Belizário, Gilson Xavier, Casimiro Oliveira, José Paiva e Laudenilson Gomes (atual gestão desde Maio de 2017).


JARDIM DANFER 2

Inaugurada em 21 de Junho de 2014, durante a atual gestão do Pastor Eloísio Vianna, localizada no atual endereço na rua Floresta Azul nº 551 no Jardim Danfer.

Os dirigentes que passaram pela congregação foram: Antônio Belizário, Marcos Antônio, Maurício Correa e Edimilson Forte (atual gestão desde Setembro de 2016).

JARDIM SÃO CARLOS (Cid. A. E. Carvalho)

Inaugurada em 29 de novembro de 2009, durante a gestão do Pastor José Soares de Melo Filho, localizada no endereço atual na Rua El Rey nº 14 no Jardim São Carlos, sendo um salão cedido da casa da Irmã Arlinda.

Os dirigentes que passaram pela congregação foram: Luciflávio Furtado, Zenóbio, Sílvio Alberto e Sérgio Dantas.

O fechamento ocorreu em um domingo, 19 de Abril de 2015.
A congregação funcionou por 5 anos, 4 meses e 21 dias.

Em 17 de Janeiro de 2015, durante a atual gestão do Pastor Eloísio, localizada na rua Vicente Franco Ribeiro nº 197 no Jardim São Carlos (próximo ao Terminal de ônibus A. E. Carvalho) começou a funcionar uma congregação com o nome de C.A.E. Carvalho.

Teve esse nome até o fechamento da antiga congregação do Jardim São Carlos. A partir de então, passou a assumir o nome da anterior.

O primeiro e atual dirigente da congregação é o Pb. Luís Carlos Rodrigues.

VILA SÃO FRANCISCO

Inaugurada no dia 02 de junho de 2017, durante a gestão do Pr. Eloísio Vianna. Se localiza próximo ao supermercado Negreiros na Rua João José de Queiroz, 706 - Vila São Francisco.

O primeiro e atual dirigente da congregação é o Pb. Charles.

Nenhum comentário:

Postar um comentário